sábado, 19 de outubro de 2019

Os oito símbolos auspiciosos do budismo


Guarda-Sol – Proteção

O guarda-sol é um símbolo tradicional de proteção e realeza. Protege dos raios e calor do sol. O frescor de sua sombra simboliza a proteção do calor do sofrimento, desejo com egoísmo, obstáculos, doenças e energias negativas.

Peixes – Felicidade
Os peixes simbolizam felicidade, pois eles nadam livremente na água. Também representam fertilidade e abundância uma vez que eles se multiplicam rapidamente. O par de peixes simboliza união conjugal e fidelidade. É auspicioso oferecermos ou recebermos o casal de peixes como presente de casamento.

Vaso Dourado – Riqueza e Harmonia / Plenitude / Abundância
Como um vaso de tesouros infinitos, o vaso dourado possui a qualidade de manifestar espontaneamente riqueza e atrair harmonia para o ambiente. Abundância.

A Flor de Lótus – Pureza e Divindade / Iluminação
O lótus floresce imaculado em meio aos pântanos e simboliza a pureza, renúncia e divindade. Também é o símbolo da iluminação.

Concha Branca – Poder / Autoridade / Som do Darma
A concha branca com a espiral para a direita representa poder, autoridade e soberania. Acredita-se que o som produzido ao soprarmos esta concha espanta energias negativas, atrai proteção contra desastres naturais, amedronta seres e criaturas venenosas. Por isto, é soprada em várias cerimônias budistas. Representa o som do Darma.

Nó Infinito – Interdependência / União de Sabedoria e Compaixão
O nó infinito é entrelaçado sem um início ou fim e simboliza a união da sabedoria e compaixão infinitas dos Budas que não é diferente da nossa própria natureza.

Estandarte da Vitória – Vitória sobre Mara / Obscurecimentos
O estandarte da vitória foi adotada no budismo como um emblema da iluminação do Buda Shakyamuni e sua vitória sobre Mara ou sobre todo o mal (aquilo que nos impede de acessar nossa verdadeira natureza iluminada).

A Roda do Dharma – Transformação
No budismo a roda simboliza os ensinamentos de Buda. Seu movimento giratório representa a rápida transformação espiritual revelada nestes ensinamentos. Como uma ferramenta de mudanças representa a  vitória sobre os obstáculos e ilusões.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Os 5 venenos mentais no Budismo

Os 5 venenos mentais no Budismo:

  1. Raiva
  2. Apego (ou Desejo)
  3. Ignorância
  4. Inveja (ou Ciúme)
  5. Orgulho (ou Ego)

(Na prostração, devolvemos para a Terra nos 5 pontos que tocam o chão - 2 pernas, 2 braços e a cebaça)

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Bolhas de Realidade

Bolhas de Realidade

Trecho de um ensinamento de Lama Padma Samten sobre Prajnaparamita durante um retiro em São Paulo (agosto de 2011):

“Todos os seres tem a natureza primordial, estamos na mandala primordial, tudo bem, não tem perigo nenhum. A nossa dificuldade é que, nós construímos as bolhas de realidade, não percebemos que estamos fazendo isto, penetramos em bolhas específicas, e ali dentro, temos a experiência do que é chamado Samsara.

Nesta Roda da Vida nós penetramos através dos elementos, construímos coisas artificiais, tentamos sustentar aquilo de qualquer jeito, nos identificamos com aquilo que aspiramos. Surge uma identidade que opera de forma cada vez mais hábil, ou seja, cada vez mais responsiva, cada vez menos consciente, no sentido de ter uma avaliação sobre sua própria operação.”

fonte: http://www.cebb.org.br/editar-bolhas-de-realidade/

- Vídeo de Gabriel Corbi explicando melhor o conceito de bolhas de realidade em 2018

O conceito de bolhas de realidade está ligado a visão Vajra e a Prajnaparamita


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Lama Padma Samten explicando a Sadana do CEBB

Coletânea de vídeos do Lama Padma Samten comentando ou praticando trechos da Sadana do CEBB. Por favor, deixem nos comentários se acharem mais vídeos que incluo aqui. Também estou pesquisando. :)

* ANÁLISES:

Explicação do Lama sobre os Pujas:
https://youtu.be/HZPlaOuqIG8?t=39m19s

Prece aos Três Kaias do Lama:
https://youtu.be/-3QWhD7UBA0?t=1h28m28s

Prece a Padmasambava:
(faltando achar)

Prece para Alcançar a Cidadela da Sabedoria Intrínseca:
https://youtu.be/oPTXIJNqOdg?t=52m52s / transcrição (colaboração do Danilo)

O Estado Desperto Autoliberado:
https://youtu.be/-3QWhD7UBA0?t=1h20m50s

Cinco Bardos (Seis Selos):
https://youtu.be/-3QWhD7UBA0?t=59m30s

A Iluminação da Sabedoria Primordial:
https://youtu.be/InG7nb2UXVc?t=18m26s

A Inexprimível Confissão Suprema:
https://youtu.be/-3QWhD7UBA0?t=1h6m56s

(...)

Sutra do Coração da Prajnaparamita:
https://youtu.be/iVGXjdAlckE?t=21m25s

Os oito versos que transformam a mente (retiro inteiro):
https://www.youtube.com/watch?v=fmjHXSU70Jc&list=PLO_7Zoueaxd6Be0J8T6pMVPrf9UVL6gl5

* PRÁTICAS:

Puja Chuva de Bênçãos (legendado):
https://www.youtube.com/watch?v=zkVbcntlbFI&t=1s

Puja Prajnaparamita:
https://youtu.be/floiL6HuKRI?t=6m21s

*Complemento: Marcelo Nicolodi conduzindo o Puja Prajnaparamita em Tibetano: https://www.youtube.com/watch?v=-1xD9UgEvKw / Monja Coen na cerimônia Zen:  https://youtu.be/wogWzJ8f8oo

Dedicação de méritos e preces de encerramento:
https://youtu.be/Xo4u6vB0GUM?t=2h29m2s

domingo, 7 de janeiro de 2018