domingo, 3 de agosto de 2014

Trikaya - os três kayas

Kaya - significa corpo (ou manifestação)

Trikaya:
  • Dharmakaya - mente do buda (aspecto secreto) - natureza eterna, absoluta, vazia e incondicionada - luminosidade base - estado primordial de Rigpa
  • Sambhogakaya - fala do buda (aspecto sutil) - campo da total plenitude, claridade, radiância da vacuidade - Exemplo: 5 Diani Budas. Autorradiância de Dharmakaya, que serve como potencial e combustível das manifestações de Nirmanakaya
  • Nirmanakaya - corpo do buda (aspecto grosseiro) - cristalização na forma da manifestação incessante não obstruída (a maioria de nós só percebe este tipo de manifestação - ignorância*)

*Pesquisa complementar em O livro tibetano do viver e do morrer. Sogyal Rinpoche - 1a. edição - São Paulo: Palas Athena, 2013. ps. 446-457. 10/12/2014.

*Paralelo com o cristianismo: Deus (Pai) / Espírito Santo / Jesus (Filho)

*Paralelo com a arte: Inspiração / Tradução / Obra de arte

2 comentários:

  1. Bom dia!
    Por esta página, consegui compreender. Muito obrigada por me ajudar nos estudos. Mas, se puder me auxiliar, tenho perguntas.

    -Já compreendi que "Deus", refletindo a imagem e semelhança dos Homens não corresponde a realidade, e eu concordo.
    Mas, qual é a natureza de Dharmakaya? É apenas mental? É
    dotada de uma composição atômica, como constitutivo de tantos outros elementos do Universo?
    -Onde posso encontrar livros, ou qualquer outro veículo para esse ensinamento?
    Muito, muito obrigada!
    Angela Paes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angela, fique feliz por saber que ajudou! O ideal seria você procurar o CEBB mais próximo e um tutor poderia te orientar melhor que eu... pelo que entendi, o Dharmakaya seria anterior a qualquer conceito, além de tempo e de espaço, a gente não consegue atingir através de nossa racionalidade limitada e dual. Na visão budista, não há universo se não houver alguém percebendo o universo (ou o que chamamos de "universo"). A mesma ideia com os átomos - a Física Quântica está chegando às mesmas conclusões. Seria uma consciência não maculada, prístina, mas não mental no sentido de mente-cérebro... Não sei que livro trata especificamente dos 3 kayas mas se quiser conversar mais pode me mandar email - fabiorochapoeta@gmail.com

      Excluir